Gestão do tempo: Você precisa ter tempo para si mesmo - Site Campus

Gestão do tempo: Você precisa ter tempo para si mesmo

Gestão do tempo: Você precisa ter tempo para si mesmo

Permita-se sentir seu tempo render e produzir o melhor em sua vida com ele, deixando-se usar o tempo que você tem para sua própria utilidade.

O dia a dia é corrido demais para pensar em coisas desnecessárias e que não estão controladas por nossa agenda.

Tem gente que é bitolada com isso, sério!

Não sei ainda os impactos que ter esse controle total ou não tê-lo podem mudar de fato a forma como você irá resolver problemas e ser produtivo no seu dia a dia. Existem pesquisas que mostram que ser controlado de forma rígida com sua agenda ajuda muito para fazer tudo o que você precisa fazer.

O problema desses dados é que eles são o que são: dados!

E nós somos pessoas.

Talvez tudo o que as pesquisas realmente indicam, se adaptarmos para nossa realidade podem nos ajudar de alguma forma a fazer todas as diversas atividades e pendências que nos chegam.

Mas também pode ser que não.

Se o mundo é corrido, mas você está pouco se lixando para isso, então azar! Desde que você consiga dar conta das suas coisas, que se rale o método usado. É só você gerar resultado que ninguém está nem aí para como você chegou lá.

Também é bom dizer que APRENDER sobre os mais diversos métodos de produtividade e gestão do tempo é ótimo! Eu mesmo adoro ler sobre isso e pesquisar maneiras de “me gerenciar” melhor.

Mas amigo leitor, isso sou eu.

Se não funciona para você, vai atrás do que dá certo e toca ficha.

Leia um livro sobre vida minimalista. Deu certo? Não? Então vai atrás de outro método… Não está dando certo ainda? Amigo, cria o teu e pare de chorar.

Esse papo todo de organização está nos deixando ansiosos e preocupados com coisas que deveriam nos ajudar, não atrapalhar.

O ponto que estou tentando chegar com todo esse assunto de organização não é uma nova ideia de fazer mais, mas para lembrar você que às vezes é bom fazer menos, ou talvez, não fazer nada. Não quero que você pense que sou adepto da metodologia da preguiça, mas que lembre que às vezes precisamos de momentos sem nada na nossa cabeça e sozinhos do mundo que vivemos diariamente, para poder renovar nosso amigo cérebro e deixar ele respirar um pouco.

Ache aquilo que lhe traz mais prazer, descanse sua cabeça e retire momentos da sua semana para aproveitar isso.

O nosso tempo é nosso ativo mais precioso e também o mais escasso. Quando gastamos ele, não tem mais como pedir de volta. Não tem como pedir empréstimo. Não tem como economizar mais para depois. Enfim… Já entendeu, não é?

Não usar o tempo para nós mesmos é burrice.

Talvez você já esteja vendendo algumas de suas preciosas horas semanais na empresa em que trabalha, e gastando mais algumas boas horas em desenvolvimento educacional e profissional.

Mas e seu desenvolvimento e aproveitamento pessoal?

Aquele tempinho com seus pais? Aquele jantar especial com sua esposa? Aquela conversa com seus filhos? Aquele café com seu amigo? Aquela oração e tempinho para Deus? Aquela organização do seu quarto? Ou simplesmente aquela olhadinha na sua série preferida ou partida de seu jogo de videogame preferido? Coisas, coisas e mais coisas.

Gaste seu tempo um pouco mais consigo mesmo. Tire horários da sua agenda tumultuada para aproveitar a pessoa que você é e as pessoas que você tem ao seu redor.

Não espere que surja aplicativos para isso, tome atitudes para garantir que sua vida seja realmente sua.


 

Sobre o Autor

William Meller é fundador do Portal Sucesso Jovem, profissional de TI e projetos e voluntário no PMI.

Volta as Aulas Site Campus

Tags: , , ,