Tornando os serviços de TI e a ITIL uma realidade

Tornando os serviços de TI e a ITIL uma realidade

Tornando os serviços de TI e a ITIL uma realidadeITIL, é muito bonito na teoria, mas transformá-lo em prática não é tão simples. Saiba como tornar realidade junto com os serviços de TI.

De nada adianta ter uma estratégia de serviços bem elaborada e alinhada com os requisitos do negócio e um desenho perfeito se a execução não for igualmente impecável. É neste aspecto que muitas organizações se perdem ao longo do caminho, pois subestimam a importância da execução na entrega de serviços de TI de alto nível.
O estágio de transição de serviços exerce um papel de suma importância para o sucesso na adoção da ITIL como modelo para o gerenciamento de serviços de TI. É nessa fase que são executados os processos e coordenados os esforços para a construção, testes e implantação dos novos serviços e das mudanças nos serviços existentes.
.
Tornando os serviços de TI e a ITIL uma realidade
As atividades realizadas nessa fase são: Planejamento e preparação, construção, testes, planejamento da implementação, implementação, revisão e encerramento da transição. É importante ressaltar que a transição não está restrita a implementação de um novo serviço, mas que contempla também as alterações feitas nos serviços existentes e a descontinuação de serviços quando esse deixa de ser necessário para organização.
Volta as Aulas Site Campus

Os processos contemplados nessa fase são:

  1. Planejamento e suporte: Esse processo deve garantir a execução e entrega conforme as especificações criadas na fase de desenho dos serviços.
  2. Gerenciamento de mudanças: É o processo de garante que as mudanças são realizadas de maneira controlada, sendo devidamente avaliadas, priorizadas, planejadas, testadas, executadas e documentadas.
  3. Gerenciamento de ativos e configurações: Esse processo cuida dos itens de configuração e recursos necessários para o correto funcionamento e entrega dos serviços de TI.
  4. Gerenciamento de liberação e entrega: Cuida da construção e entrega dos serviços a fim de garantir que os serviços estão de acordo com as especificações e atendem as necessidades dos usuários.
  5. Validação e testes: Deve garantir que o serviço atende os objetivos do negócio e os requisitos de utilização dos usuários.
  6. Gestão do conhecimento: Tem como principal função garantir a qualidade e precisão das informações durante todo o ciclo de vida dos serviços.
É muito importante lembrar que qualquer mudança pode gerar impactos não apenas nos serviços mas em toda a organização. Por esse motivo a comunicação durante essa fase deve ser tratada como critica.

Quer aprender Scrum sem Lero Lero?

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO COMPLETO!

Tags: , , , ,