As Principais Competências para a Carreira do Gestor de Projetos

As Principais Competências para a Carreira do Gestor de Projetos

As Principais Competências do Gestor de Projetos

O artigo desta semana aborda sobre a construção da adaptabilidade da carreira, um conceito Darwiniano (Evolução do homem) trazido para o mundo dos negócios para tratar da prontidão das pessoas para adaptar-se às mudanças com menos dificuldade e, portanto, sobreviverem nesse mundo em transformação, principalmente quando falamos de crises.

Abordo também as principais competências para este atual cenário, que segundo o IBGE, a população desocupada no Brasil chegou a 11,8 milhões de pessoas em julho de 2016 e em novembro de 2016 esta taxa bateu o recorde de 11,9%. São 12 milhões de brasileiros sem emprego.

Diante deste cenário, mesmo que altamente competitivo, as organizações atuais reduziram suas estruturas e ajustaram sua arquitetura organizacional e atualmente possuem menos profissionais. As organizações estão atuando de forma muito enxuta buscando eficiência em seus processos e eliminando custos. Reagem também vagarosamente conforme o mercado atual (política e econômica) do país reage as decisões dos nossos governos.

Adaptabilidade de Carreira

É importante destacar que a essência da adaptabilidade de carreira mostra que o indivíduo deva ter total controle de suas ambições sobre sua vida profissional.

Pessoas com baixo controle sobre seu futuro tendem a ter mais dificuldade de adaptar-se, pois são profissionais que só vivem o momento atual, o hoje. Estes profissionais tomam decisões sem medir o impacto no futuro. Já os profissionais que possuem maior gestão sobre seus rumos profissionais tendem a fazer melhores escolhas e com maior êxito. São profissionais que continuamente buscam conhecimento, curiosos e resilientes.

As palavras chaves deste momento são: curiosidade, resiliência e pensamento crítico. Acredito que só assim saberemos reagir ao mercado e estar pronto para grandes oportunidades.

Quais as competências recomendadas para o Gestor de Projetos?

Idiomas

Uma dica aqui é começar o quanto antes, e um segundo idioma é mais fácil de aprender que a primeira vez. Se tem o inglês, sugiro aprender o Alemão, justamente pela proximidade com o inglês. Já os idiomas que são beneficiados pela complexidade da língua portuguesa são: Espanhol, Italiano e Frânces. Considero também o Japonês por causa da fonética nipônica. Há diversas ferramentas e formas de aprender um idioma como: aplicativos, aulas por vídeo conferência e jogos e as formas tradicionais com aulas semanalmente regulares.

Por qual motivo devo possuir esta competência?

Estar apto para novos desafios dentro e fora do país, gerir equipes multiculturais, gerir projetos em diversos países são alguns exemplos para se pensar em um novo idioma.

Gestão de Pessoas

Como eu disse no meu artigo sobre as habilidades humanas na gestão de projetos. O Fator Humano na Liderança de Projetos e fica cada vez mais evidente a preocupação de um bom gerente de projetos na busca da melhoria das habilidades humanas, e por isso cada vez mais cresce o número de cursos e certificações especializada nesta área.

Por qual motivo devo possuir esta competência?

Projetos são realizados por pessoas. O resultado do projeto são entregue a outras pessoas que o usarão e este também é financiado por outro grupo de pessoas, ou seja, pessoas são o principal fator de sucesso ou fracasso de um projeto.

Liderança

A função de liderança dentro das empresas é de fundamental importância para garantir bons resultados e a presença de um líder transformacional caracteriza-se da capacidade de realizar uma transformação no ambiente em que atua.

Por qual motivo devo possuir esta competência?

Uma boa liderança pode transformar uma organização pelo exemplo, inspiração e atitude. Liderar é despertar nos outros o desejo de se tornar melhor, de fazer melhor. É auxiliar os outros a melhorarem como profissionais e pessoas. É extrair o máximo da capacidade de uma pessoa.

Indicadores Financeiros

Projetos são patrocinados e devem gerar valores. É Importante conduzir uma boa apresentação de uma pré-venda de um projeto ao cliente apresentando como e quando ele terá o retorno do investimento realizado naquele projeto e quando serão alcançados os benefícios do projeto.

Por qual motivo devo possuir esta competência?

Todo gestor precisa possuir conhecimentos adequados para saber responder questões quanto a viabilidade econômica de um projeto, se o mesmo é viável para a organização e se este continua viável durante o ciclo de vida de um projeto.

Técnicas de gestão de projetos

Planejamento colaborativo

Cada vez mais a importância de envolver toda a equipe no planejamento de um projeto. É uma forma de engajar todos os envolvidos, gerar discussão e entendimento do resultado a ser alcançado pelo projeto e gerando indicadores fortes para a criação de um projeto de sucesso.

Gestão Híbrida de projetos

A capacidade do gerente de projetos saber decidir qual abordagem usará para um determinado projeto é fundamental, e diante disso é necessário conhecer tanto o modelo tradicional de gestão de projetos como: prática PMI com o PMBoK, OGC com Prince2, IPMA e também as metodologias ágeis como: Scrum, XP (Extreme programming) Feature-Driven Development (FDD) para assim usar uma abordagem ou outra ou ainda fazer um mix das 2 abordagens dentro de um projeto.

Gestão de Riscos

Os riscos estão presentes a todo momento e a todo projeto, é preciso conhecer e saber fazer um bom uso de todos os processos necessários para potencializar sucessos em projetos e minimizar possibilidades de falhas com respostas claras, objetivas e alcançáveis.

Lean Six Sigma

No início do artigo mencionei sobre as organizações atuarem de forma enxuta, e aqui entra o Lean Six Sigma por ser uma poderosa metodologia para melhorar o desempenho através da eliminação do desperdício e das causas de defeitos nos processos administrativos, processos de produção ou processos de manufatura com o foco na Produção Enxuta.

Por qual motivo devo possuir estas competências?

Resiliência é a palavra. Não existe um método correto, seja tradicional, ágil, mas é necessário conhecer ferramentas técnicas de gestão de projetos e saber usá-las no momento certo dentro das condições fornecidas. Um gerente de projetos precisa conhecer diversas abordagens de gestão.

Conclusão

A crise ajuda-nos a refletir e nos posicionar no meio onde vivemos, força-nos a sair da zona de conforto limitados pelo medo e a sombra do progresso humano. Precisamos entender que se por um lado a crise é sinônimo de incerteza e desconforto, temos que ter visão para entender que ela também tem o viés positivo da superação, pois na crise é que nascem as grandes estratégias.

Diante deste cenário, o aprendizado contínuo com cursos de idiomas, gestão de pessoas, capacidade de liderança, conhecimento de finanças e técnicas de gestão de projetos, lhe colocará neste novo ambiente melhor posicionado, para o mercado cada vez mais dinâmico.

Clique aqui e veja uma aula sobre formação completa em scrum da ScrumStudy com o professor Frederico Aranha – faça esta aula gratuitamente e aprenda mais!

Cursos Online Site Campus


#
Fale com o Site Campus

Tags: , , , ,