Gerar valor: Como ser percebido com o que você faz em seu trabalho

Gerar valor: Como ser percebido com o que você faz em seu trabalho

Gerar valor: Como ser percebido com o que você faz em seu trabalho

Não é trabalhando uma quantidade maior de horas que vamos ser percebidos e promovidos em nossa organização. Gerar valor é nossa meta para crescer.

Todos os dias temos diversas atividades para realizar e projetos para conduzir em nosso trabalho.

Alguns deles são simples e não exigem muita dedicação de tempo. Outros, mais complexos, precisam ser cuidadosamente organizados com sua relação com o tempo para não deixarmos isso causar problemas às demais responsabilidades que nos chega.

Isso é administração pessoal e de tempo. O básico para conduzirmos o que a gente faz sem ter qualquer tipo de problema e ainda entregar qualidade em nosso trabalho.

Porém, muitas das coisas que fazemos são itens que poderiam ser dispensáveis se fossem analisados pensando na geração de valor. Para quem geramos valor? Para o cliente.

Isso acontece porque seguimos estruturas muito clássicas e rígidas que as empresas propõem, fazendo somente aquilo que deve ser feito. Fazer somente o que está em cronograma.

Aqui temos dois extremos a pensar com carinho ao selecionar o que iremos fazer e quando fazer: Seguir somente o que deve ser feito ao pé da letra ou tentar entregar “algo mais”, pensando na geração de valor e obviamente arcando com as consequências que isso pode ter.

Bons profissionais fazem somente o que deve ser feito. Profissionais acima da média vão além e preocupam-se com o resultado final de tudo, entregando sempre além do que lhes é solicitado.

Para ser reconhecido pelo que você faz, você deve tentar ficar percebido pela forma como você executa suas atividades.

De nada adianta encher de perfumarias e atividades extras uma atividade que simplesmente precisava ser entregue o mais breve possível.

A base para sempre ter em mente é a mescla entre eficácia e eficiência, tentando ser o máximo produtivo possível.

Mas se a base de tudo está ligada a geração de valor, você não pode esquecer do principal fator de seu trabalho e o responsável exclusivo por avaliar seus serviços. E não, não é seu chefe. Estou falando dos clientes.

E se parece tão simples, não se confunda. Tem muita empresa que não conseguiu entender isso ainda.

Muito do tempo de trabalho de várias organizações está sendo desperdiçado com coisas que não foram pensadas para o cliente final.
Acontece que muitas organizações ainda não compreenderam como gerar valor para seus clientes e, principalmente, a importância que isso tem para seu negócio.

Vivemos em uma era em que a grande tendência é simplificar quando o assunto é inovação.

Precisamos aprender que o valor de nosso trabalho está diretamente associado com o tipo de valor que geramos para os clientes.

É dessa forma que você arriscará da maneira certa para ser percebido dentro de sua empresa e quiçá em seu campo de atuação.

Clique aqui e veja uma aula sobre certificações em agile do nosso curso preparatório para as certificações PSM e PSPO da Scrum.org – faça esta aula gratuitamente e aprenda mais!

Natal Site Campus


#
Compartilhe!
Fale com o Site Campus

Tags: , , , ,