Identificando Riscos Comuns em Gerenciamento de Projetos - Site Campus

Identificando Riscos Comuns em Gerenciamento de Projetos

Muitas coisas podem acontecer durante o ciclo de vida de um projeto. Para você evitar riscos comuns, o Site Campus apresenta aqui oito exemplos de riscos e/ou problemas que você pode enfrentar durante um projeto.

Todos os projetos são suscetíveis ao fracasso, e, embora os problemas tenham aparências diferentes dependendo do tamanho do projeto, existem alguns riscos, que são comuns de acontecer na elaboração dos projetos e consequentemente causam o fracasso de muitos deles. Abaixo estão oito exemplos desses riscos e vamos ajudá-lo a identificar cada um deles.

Você sabe identificar riscos comuns em gerenciamento de projetos? Vamos lá:

Black Week Site Campus

#1 Alteração no orçamento

Geralmente, já existe um orçamento que foi desenhado para o projeto, e isso depende de tudo o que está envolvido na  elaboração do projeto. Passar por cima desse orçamento pode ser normal para alguns e ruim para outros, porém, apresentar um orçamento para um projeto sem antes saber se em algum momento os valores poderão ser ultrapassados, significa um mal planejamento originado a partir de diversas fontes: falta de adequada listagem de atividades, escopo mal definido, riscos mal identificados e assim por diante.

#2 Falha de comunicação

Esta é uma dica importante, pois, sem comunicação o projeto pode falhar desde o seu começo. Todos os membros da equipe precisam saber sobre o que o projeto é e como ele funciona, os gestores precisam saber do progresso do projeto e etc. Se a comunicação não existir, grandes problemas podem surgir.  Jeff Sutherland fala que a saturação nas comunicações aumenta a probabilidade de sucesso nos projetos, ou seja, todos precisam saber de tudo!

#3 A equipe do projeto diminui

Alguns os membros do projeto podem sair por qualquer motivo, o que pode causar conflitos e estresse entre os membros que permanecem envolvidos no projeto. O pior, é claro, é se a pessoa que abandonou o projeto tem informações valiosas ou insights dentro do projeto. Se alguns deles estão apenas de férias, existe ainda a possibilidade de falar com eles, mas se eles saem da empresa – não importa quais são as razões – eles podem não querer continuar a dar informações para a equipe ou a comunicação pode simplesmente ser encerrada por motivos contratuais/legais.

#4 Não saber o que está acontecendo

Não saber o que está acontecendo também faz parte do risco de número #2, que fala justamente sobre a falha na comunicação, isso mostra a incapacidade do gerente de projetos em não saber dar mais detalhes sobre o que é o projeto e para quem é feito. Um líder de projeto não pode dar instruções para o resto da equipe, se ele mesmo não tem ideia do que é o projeto.

#5 Não está apto para o trabalho

Se um membro de uma equipe ou o líder não conhece o que está fazendo, não sabe dar detalhes da sua função, ou até mesmo nunca fez um determinado papel antes, este membro com certeza não está apto para o trabalho.

#6 Membros da equipe não conhecem o projeto

Seguindo os exemplos dos riscos #4 e #5, se um membro de uma equipe não sabe um determinado aspecto do projeto, certamente não deve conhecer a tecnologia e nem a informação que o projeto vai requerer.

#7 Ambiente ruim

Trabalhar em um ambiente ruim pode afetar qualquer funcionário, especialmente se este está trabalhando em um projeto grande. Se as reuniões do projeto estão sendo feitas “escondidas” isso pode causar um certo desconforto entre os membros da sua equipe de projetos, afetando todo o grupo.

#8 Improdutividade

Mesmo se o risco #4 não foi um problema, lidar com os membros do time que estão sendo improdutivos também poderá causar conflitos e estresse para todos os envolvidos.

Clique aqui e veja uma aula sobre o Gerenciamento de Riscos do nosso curso preparatório para a certificação PMI – RMP – faça esta aula gratuitamente e aprenda mais!


#
Compartilhe!
Fale com o Site Campus

Tags: , , ,