Networking: Estamos todos em uma única rede - Site Campus

Networking: Estamos todos em uma única rede

Networking: Estamos todos em uma única rede

Como uma comunidade de pessoas conectadas, nosso networking deve ser uma rede onde nós somos os pontos de conexão uns aos outros.

A sociedade da informação, também chamada de informacionalismo, surgiu, em escala global, com a revolução da tecnologia da informação e comunicação (TIC).

Essa sociedade denomina-se da informação porque a produtividade e a competitividade das organizações dependem da necessidade de gerar, processar e empregar, de forma eficiente, a informação baseada em conhecimento.

A globalização de toda essa informação fez com que as empresas também precisassem se reestruturar.

O modelo de networking profissional não é mais o mesmo

Com as empresas se reestruturando para atender a forma como a informação é passada, obviamente o modelo como fazemos negócio e como construímos nossa rede de contatos evolui e atualiza-se continuamente.

Ao pé da letra, networking significa estabelecer conexão com alguém, criar uma rede de contatos. Mas fazer essas conexões e criar essa rede não é tão simples como muita gente pensa. E a própria forma como isso acontece já não é mais a mesma do que alguns anos atrás.

O networking exige certa aptidão social, ou seja, boa capacidade de se relacionar com pessoas. É importante criar vínculo com as pessoas de forma natural, olhando para o networking como uma via de mão dupla, onde deve haver a troca de informações, conhecimentos, indicações e ajuda mútua, trazendo benefícios reais para ambas as partes.

A troca de atividades ocorre em forma de rede, compartilhando dados e informações, procurando criar valor para toda a rede. O benefício disso é que pode-se ultrapassar os limites da estrutura formal e entrar em contato direto com as partes que necessitam.

A base da teoria da rede é o conceito de nós, conexões e hubs. Um pode ser uma pessoa que conhece outra, criando uma conexão. Um hub é uma pessoa muito popular, que possui muitas conexões. Assim a rede de conexões vai se formando e conectando mais pessoas à você.

Logo, conseguimos concluir que fazemos parte de uma enorme e única rede interligada de pessoas que se entrelaça e conecta as pessoas umas às outras, usando conexões populares para fazer cada grupo de pessoas ainda mais próximas.

Clique aqui e veja uma aula com diversas dicas para você crescer como líder no mercado gerencial e decole em sua carreira com um bom networking – faça gratuitamente esta aula e conheça nosso curso Seja Você O Líder agora mesmo!

Assine a newsletter do prof. Frederico Aranha


#
Fale com o Site Campus

Tags: , ,