O que é sucesso em gerenciamento de projetos?

O que é sucesso em gerenciamento de projetos?

O que é sucesso em gerenciamento de projetos?

O que, de fato, caracteriza um sucesso em gerenciamento de projetos?

A definição de sucesso em projetos tem sido bastante questionada, pois não há muito consenso na literatura sobre este conceito e muitos autores utilizam o conceito tradicional de sucesso, ou seja, a tríplice restrição, entregar o escopo no prazo e no custo programado, o que atualmente não é mais suficiente. Trago, hoje, um material que pode te ajudar a melhor definir o conceito de sucesso e que fez parte de um artigo muito bacana de uma aluna e amiga, Ananka Araújo.

Assine a newsletter do prof. Frederico Aranha

Carvalho e Rabechini (2011) afirmam que o sucesso em projetos depende muito do ponto de vista de quem analisa. Diferentes perspectivas e expectativas das partes interessadas quanto ao projeto vão remeter a avaliações díspares, que precisam atender um “ótimo global”, estabelecido por um consenso. O sucesso na perspectiva de um único stakeholder, ou seja, o “ótimo local” pode gerar impacto negativo nos demais grupos de partes interessadas. (CARVALHO; RABECHINI, 2011, p.37).

Dependendo das perspectivas, as dimensões de sucesso são diferentes, pois depende da perspectiva da parte interessada, do tipo de projetos, da perspectiva temporal (curto, médio e longo prazo) e da unidade de análise (projeto e organização). É importante destacar a importância de compreender e diferenciar perspectivas de eficiência já mencionadas e as perspectivas do cliente e a satisfação de suas necessidades.

Conforme definição de sucesso encontrada no Relatório Geral de 2012 do MPCM – Modelo de Maturidade em Gerenciamento de Projetos (Maturity by Project Category Model) -, organizado pelo consultor Darci Prado, um projeto pode ser considerado como Sucesso total, Sucesso parcial ou Comprometido e Fracasso. Sendo:

a) sucesso total: Um projeto bem sucedido é aquele que atingiu a meta. Isto geralmente significa que foi concluído e produziu os resultados e benefícios esperados e os principais envolvidos ficaram plenamente satisfeitos. Além disso, mas não obrigatoriamente, espera-se que o projeto tenha sido encerrado dentro das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade (pequenas diferenças podem ser aceitas).

b) sucesso parcial ou comprometido: o projeto foi concluído, mas não produziu todos os resultados e benefícios esperados. Existe uma significativa insatisfação entre os principais envolvidos. Além disso, provavelmente algumas das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade foram significativamente excedidas.

c) fracasso: existe uma enorme insatisfação entre os principais envolvidos ou porque o projeto não foi concluído ou porque não atendeu às expectativas dos principais envolvidos ou porque algumas das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade foram excedidas de forma absolutamente inaceitável. (MPCM – Maturity by Project Category Model, 2012).

Cooke Davies e Barclay (2010), afirmam que para discutir sucesso é necessário estabelecer uma distinção didática da relação entre sucesso do projeto, da gestão do projeto e do produto do projeto.

Eu, Frederico Aranha, trabalho com o conceito de sucesso para meu cliente ou patrocinador. Quando trabalhava para uma multinacional americana, sempre colocava nas minhas apresentações de iniciação de projeto o seguinte slide “What does success look like?” (ou “Como o sucesso se parece?”, em português). É importante definir o que é sucesso para quem está patrocinando o projeto. Como vimos acima, um projeto não necessariamente precisa atender todos os requisitos de prazo, escopo, custo e qualidade para ser um sucesso. Da mesma forma, sucesso para uma parte interessada pode ser o fracasso para outra. Por isso é importante nos focarmos nos objetivos do nosso patrocinador, pois ele, via de regra, é a maior parte interessada.

Sucesso em gerenciamento de projetos depende muito de quem olha para os resultados do projeto!

Nos meus cursos, uso bastante o exemplo de um projeto que tem por objetivo construir uma obra em uma área indígena. Não é o melhor exemplo do mundo, porque ninguém quer remover índios de sua terra-mãe, mas nos ajuda a entender o que é sucesso e fracasso em projetos. Sabe por que? Porque, para os índios, se o projeto fracassar, isso vai ser ótimo! Eles não querem sair daquelas terras. Contudo, para o patrocinador do projeto, entregar a obra requer que os índios sejam removidos para um novo terreno. Sucesso para um é fracasso para o outro. Mas quem está pagando a conta e para quem estamos, em última análise, trabalhando?

Vamos pensar em outro exemplo: distribuir medicamentos na África, em uma zona devastada pela guerra. Talvez o projeto custe muito mais do que o planejado e atrase vários meses, mas ao entregar os remédios para famílias e pessoas que precisavam, conseguirmos atingir um objetivo que era realmente difícil – imagine entregar remédios em uma zona de guerra. Neste exemplo, imaginemos também que o patrocinador do projeto é uma ONG e que o objetivo dela era entregar os remédios e que concordaram com os desvios de custos e prazos por entender a situação. Estouramos o orçamento e os prazos, mas salvamos vidas. O projeto foi um sucesso para todos os envolvidos!

Desta forma, quando for pensar no que é sucesso para seu projeto, pense nas partes envolvidas e avalie o que é sucesso para cada um deles. Este exercício vai te ajudar, também, a identificar que partes envolvidas precisam de mais engajamento, precisam ser neutralizadas, para que o projeto seja realmente um sucesso.

Referências

CARVALHO, Marly Monteiro; RABECHINI, Roque, Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos. 3. Ed. – São Paulo: Atlas, 2011.
PRADO, Darci. Maturity by Project Category Model. Disponível em http://www.maturityresearch.com/. Acesso em março 2013.

Artigo escrito com o apoio e com pesquisas oferecidas por Ananka Araújo, amiga e Especialista em Gerenciamento de Projetos.

Clique aqui e veja uma aula sobre as premissas dos projetos do nosso curso preparatório para a certificação PMI – RMP – faça esta aula gratuitamente e aprenda mais!


#
Fale com o Site Campus

Tags: , , , , ,