Product Owner: conheça a função e as responsabilidades desse papel!

Product Owner: conheça a função e as responsabilidades do “Dono do Produto”

Mais um dia se inicia: você acorda, se organiza e parte para o trabalho. No meio do expediente, seu chefe quer bater um papo e te comunica “você deverá assumir o papel de Product Owner na nossa equipe”. Mas qual é o real papel de um Product Owner em uma corporação? Como ele influencia em um projeto? Como é o seu dia a dia? São vários os questionamentos a cerca desta função que vem ganhando destaque.

O ato de iniciar um projeto tem como objetivo atender alguma necessidade da área de negócios (podem ser de outras áreas também) da corporação. E é neste cenário que o Product Owner entra em ação. O “Dono do Produto”, traduzido para o português, é o responsável por entender o produto que será construído, seus objetivos e requisitos ao longo do projeto. A partir da Visão do Produto ele cria uma lista preliminar, determinando as prioridades dos itens que representam o que ele acredita que será produzido ao longo do projeto. É a primeira versão do Backlog do Produto.

Backlog do Produto

O Backlog do Produto é um artefato do framework de desenvolvimento Scrum. Sua função é documentar, de forma clara, todos os requisitos que vão surgindo durante o desenvolvimento de um projeto. Isso porque não existe Scrum sem ele.
De acordo com o Scrum Guide, o Backlog do Produto é uma lista ordenada de tudo que é conhecido ser necessário no produto. Deve conter todas as características, funções, requisitos, melhorias e correções que formam as mudanças que devem ser feitas no produto nas futuras versões. Os itens do Backlog do Produto possuem os atributos de descrição, ordem, estimativa e valor. Geralmente incluem descrições de testes que comprovarão sua conclusão quando estiverem “Prontos”.

Formando o time Scrum

No caso de um projeto muito grande, podem ser necessários múltiplos times Scrum. Mesmo neste caso, sempre haverá um único Backlog do Produto. Assim, poderemos ter vários Donos do Produto responsáveis por este Backlog do Produto. Em termos práticos, o Backlog do Produto é formado por histórias de usuários. Uma história de usuário é uma descrição de uma necessidade do produto sob o ponto de vista de um usuário em particular. Diferente do Backlog do Produto, é importante destacar que uma História de Usuário não é um artefato framework Scrum e, portanto, seu uso é opcional. O Backlog do Produto é um artefato vivo e dinâmico, pois muda constantemente. Afinal, os requisitos nunca param de mudar. Refinar o Backlog do Produto é a ação de adicionar detalhes, estimativas e ordem aos seus itens.

Product-Owner-2020

Atividades de um Product Owner

No dia a dia, o “Dono do Produto” é o elo entre o time Scrum, clientes e negócio. Cabe a ele escutar o cliente, entender as necessidades do negócio, integrar o produto, acompanhar a sua evolução, entender a capacidade do time Scrum de entregá-las e planejar os próximos passos.

Suas principais atividades são:

– Apresentar a Visão do Produto no início de cada Sprint;
– Elaboração das histórias de usuários;
– Participar da Reunião de Planejamento da Sprint;
– Participar das Reuniões Diárias do Scrum;
– Participar das Reuniões de Revisão e de Retrospectiva;
– Manter e refinar constantemente o Backlog do Produto, para que reflita os objetivos e as prioridades do negócio;
– Qualquer questão que surgir da equipe de Scrum precisa ser resolvida pelo time de desenvolvimento. Normalmente é solicitada a participação do Dono do Produto para discutir problemas e ajudá-los a serem resolvidos.

Tornar-se um Product Owner requer tanto experiência quanto formação. O Pacote PMO, fornecido gratuitamente pelo Site Campus, é o indicado neste caso, porque ele vai ajudar a ter uma melhor compreensão sobre o papel do Product Owner dentro do framework Scrum, bem como as suas principais responsabilidades, habilidades esperadas, práticas e técnicas para ajudar no dia a dia do seu trabalho, além da sua grande importância para times ágeis.

Definição de Pronto (DoD-Definition of Done)

A DoD é um artefato do Scrum que reforça a transparência como pilar principal do framework, uma vez que deixa claro entre os membros do time o que significa Pronto, indicando quando o item de fato está tecnicamente adequado para ser liberado.
Segundo o Scrum Guide, quando um item do Backlog do Produto ou um incremento é descrito como Pronto, todos devem entender o que o Pronto significa, assegurando transparência na equipe. A criação da Definição de Pronto deve ser realizada de maneira colaborativa, por todos os membros do Time Scrum.

À medida que o time trabalha em conjunto, sprint após sprint, sua Definição de Pronto evolui, garantindo o aumento da qualidade da equipe através de ciclos de melhoria contínua, contribuindo para o desenvolvimento de produtos com cada vez mais qualidade.

A Definição de Pronto permite garantir que os membros da Equipe de Desenvolvimento e o Dono do Produto concordem sobre a qualidade e integridade do trabalho que estão produzindo. Cabe ao Dono do Produto fornecer feedback quanto a qualidade do produto. O time de desenvolvimento deve levar isso em consideração e mudar a forma como produz o produto. Mas o Dono do Produto não pode dizer como a equipe de desenvolvimento deve fazer isso, do contrário iria contra a definição do Scrum Guide de que os times de desenvolvimento devem ser auto-organizados.

Sobre o autor:

Ivan Charles Momm é Coordenador de TI da empresa Duas Rodas, em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina. Atua há cerca de 30 anos na área de Tecnologia da Informação, com grande experiência na gestão de projetos de infraestrutura de TI, segurança da informação e ERP SAP.


Você também pode ter o seu artigo publicado no nosso site! Basta enviar um e-mail para autores@sitecampus.com.br mencionando a pauta que você deseja abordar e teremos o maior prazer em te auxiliar com a publicação!

Assine a newsletter do prof. Frederico Aranha
#
Fale com o Site Campus

Tags:, , ,