Gerenciamento da Qualidade - Vamos Planejar?

Gerenciamento da Qualidade – Vamos Planejar?

Gerenciamento da Qualidade - Vamos Planejar?Planejar o gerenciamento da qualidade é identificar os requisitos e padrões de qualidade do projeto e suas entregas.

A documentação de como o projeto demonstrará a conformidade com os requisitos de qualidade relevantes. É um processo fundamental, pois é um dos processos de planejamento mais pró-ativos, super iterativo e deve ser dirigido pela política de qualidade da organização.

Pacote Carreira Gerente Híbrido de Projetos Site Campus

Planejando o Gerenciamento da Qualidade

Apresentarei, a seguir, conceitos, técnicas e o processo de planejamento do gerenciamento da qualidade de acordo com o PMBoK, do PMI.

Principais Entradas

As principais entradas para o planejamento da qualidade são os planos auxiliares de gerenciamento do projeto, assim como o plano de gerenciamento do projeto, linha de base dos custos, do escopo e do cronograma. Também utiliza-se como entrada o registro das partes interessadas, pois as partes interessadas podem ter interesses diretamente relacionados a qualidade do projeto e do produto – principalmente no que diz respeito aos níveis de aceitação da qualidade das entregas. O registro dos riscos apresenta as áreas de risco atreladas ao projeto e, por fim, a documentação dos requisitos informa os requisitos de qualidade mapeados no planejamento do escopo.

As ferramentas incluem as seguintes:

  • Análise de custo-benefício: decisão de fazer ou não, atender ou não, determinados requisitos de qualidade e níveis de aceitação negociados com partes interessadas com base nos custos e nos benefícios relacionados a cada requisito/iniciativa de qualidade.
  • Custo da qualidade: custo total para produzir uma entrega ou serviço de acordo com os níveis de qualidade acordados/exigidos. Estes custos referem-se aos esforços necessários para atender os requisitos. Analisam-se os custos de conformidade e os custos de não-conformidade a partir desta técnica.
  • As 7 ferramentas básicas da qualidade: diagramas de causa e efeito, fluxogramas, folhas de verificação, diagrama de pareto, histogramas, gráficos de controle e diagramas de dispersão. Falaremos, futuramente, sobre as ferramentas em artigos novos sobre gestão de projetos.
  • Benchmarking: comparação no mercado ou internamente com projetos similares para ter uma base a ser trabalhada no projeto em andamento. Você utiliza boas práticas e resultados positivos em projetos passados para trazer para os projetos correntes.
  • Projeto de experimentos: técnica estatística que valida variáveis e determina o impacto de sua ocorrência no projeto.
  • Amostragem estatística: análise de parte da população de interesse para inspeção.

A Principal Saída: O Plano de Gerenciamento da Qualidade

O plano de gerenciamento da qualidade deve descrever como as políticas de qualidade do projeto serão implementadas. Deve incluir, também, padrões, práticas, recursos necessários para garantir a qualidade acordada, processos de qualidade a serem trabalhados na área de qualidade e papéis e responsabilidades dentro da área de qualidade. Outra saída, muito importante, é o plano de melhorias no processo, que detalha as etapas de análise de processos para mapear ineficiências dentro do projeto – DENTRO DO PROJETO! Por fim. temos as listas de verificação e métricas de qualidade.

Clique aqui e veja uma aula sobre o processo de Melhoria em 7 Etapas do nosso curso preparatório para as certificações ITIL Foundations e ITIL Practicioner – faça esta aula gratuitamente e aprenda mais!


#
Compartilhe!
Fale com o Site Campus

Tags: , , , ,